RBC | Portal de Notícias e Entretenimentos

Com time completo, seleção feminina treina com apoio de Richarlison

Com time completo, seleção feminina treina com apoio de Richarlison
Com time completo, seleção feminina treina com apoio de Richarlison

A seleção brasileira feminina de futebol realizou, nesta terça-feira (4), o primeiro treino com o elenco completo, após a chegada da meia-atacante Adriana nesta manhã, em Londres  Na reta final de preparação para a Copa do Mundo Feminina, a equipe comandada por Pia Sundhage entra em campo contra a Inglaterra, às 15h45 (horário de Brasília) de quinta (6), para decidir o primeiro título da Finalíssima, no Estádio de Wembley. O  torneio reúne as campeãs da Copa América e da Eurocopa no ano passado.

O treinamento de hoje com as 27 convocadas contou com a presença inesperada do atacante Richarlison, da seleção masculina.

“Quero mandar uma energia positiva para elas, que elas possam fazer um grande jogo. Com certeza estarei lá na torcida junto com a minha família, vou levar todo mundo que eu puder pra assistir”, prometeu Richarlison, que defende o clube britânico Tottenham.

A disputa do título da Finalíssima será o penúltimo confronto de peso da seleção feminina antes do Mundial, com início em 20 de julho na Austrália e Nova Zelândia.. Atualmente o Brasil ocupa a nono lugar no ranking mundial da Fifa, e a Inglaterra é a número 4 na lista. A expectativa é de que o Estádio de Wembley receba público de quase 90 mil torcedores para a final da primeira edição do torneio.

Durante coletiva ao final do treino de hoje, a atacante Bia Zaneratto revelou que a equipe está confiante no estilo de jogo que a técnica Pia Sundhage vem desenvolvendo junto com o time.

“Com certeza a gente vai tentar filtrar as grandes jogadas delas, que acho que é o principal. São muitos cruzamentos, elas têm velocidade de jogo, mas a gente por outro lado também tem essa parte ofensiva muito rápida, tem essa força no ataque com muita velocidade, muita força física e, consequentemente, a gente tem que se organizar melhor defensivamente. Então, acho que essa mescla é que vai fazer a diferença para que nesse jogo a gente possa sair com o resultado positivo”, analisou.

De Londres, as brasileiras seguem para a Alemanha, onde farão o amistoso contra as donas da casa na próxima terça (11), em Nuremberg.  A Alemanha, vice-campeã da Eurocopa 2022 – perdeu por 2 a 1 para a Inglaterra – é a atual vice-líder no ranking mundial,  atrás apenas dos Estados Unidos.

A seleção brasileira, comandada pela técnica Pia Sundhage, estreará na fase de grupos da Copa do Mundo contra o Panamá, no dia 24 de julho, em Adelaide (Austrália). Na sequência, o país enfrenta a França, no dia 29, em Brisbane (Austrália) e encerra a primeira fase em duelo contra a Jamaica, em 2 de agosto, em Melbourne (AUS).

Esta gostando do conteúdo? Compartilhe!