RBC | Portal de Notícias e Entretenimentos

Três anos de Covid-19: como podemos chegar ao fim da pandemia?

\"No

No dia 11 de março de 2020, a Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou que a emergência causada pelo coronavíros atingiu o patamar de uma pandemia.

Nas duas semanas anteriores àquela data, o número de casos de Covid 19 fora da China havia aumentado 13 vezes e o número de países afetados havia triplicado. No momento da declaração, o mundo contabilizava 118 mil casos e 4.291 mortes em pelo menos 114 países.

“A OMS tem avaliado esse surto o tempo todo e estamos profundamente preocupados com os níveis alarmantes de disseminação e gravidade e com os níveis alarmantes de inação. Portanto, avaliamos que a Covid-19 pode ser caracterizada como uma pandemia”, afirmou o diretor-geral da OMS, Tedros Abhanom, em comunicado à imprensa nesta mesma data três anos atrás.

À época, a OMS foi criticada pela demora em declarar a emergência global como uma pandemia.

“Pandemia não é uma palavra para usar levianamente ou descuidadamente. É uma palavra que, se mal utilizada, pode causar medo irracional ou aceitação injustificada de que a luta acabou, levando a sofrimento e morte desnecessários. Descrever a situação como uma pandemia não altera a avaliação da OMS sobre a ameaça representada por esse vírus. Não muda o que a OMS está fazendo e não muda o que os países devem fazer”, afirmou Adhanom.

Nos últimos três anos, o mundo se viu diante de um vírus respiratórios novo, capaz de provocar quadros clínicos com impactos que vão além dos danos ao sistema respiratório.

A sociedade lidou com fechamentos de fronteiras e diferentes níveis de confinamento ou restrição à circulação. Passou a entender de maneira mais profunda o significado de termos técnicos que, até então, permaneciam restritos aos ambientes de laboratório como variante, cepa ou imunidade de rebanho. Foi desafiada pelo fortalecimento de discursos anticiência, pelo negacionismo às vacinas e sobre os reais riscos de uma nova

doença.

Houve a queda progressiva no número de casos e de mortes pela doença com o avanço da vacinação no mundo. E, em 2023, a sociedade vive um cenário mais próximo da realidade que conhecíamos no pré-pandemia.

Mas a pandemia acabou?

 

Fonte: CNN.

Esta gostando do conteúdo? Compartilhe!